Câmara Municipal de Penela

Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho

  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho
  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho
  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho
  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho
  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho
  • Penela acolhe animais após incêndio de 17 de junho


O incêndio de 17 de junho que deflagrou na região de Pedrógão Grande e que se alastrou aos concelhos vizinhos, incluindo Penela, foi responsável pela morte e abandono de centenas de animais e, Penela não ficou indiferente.

O Centro Veterinário Zoosaúde, com sede em Penela, esteve durante 10 dias no terreno, com toda a sua equipa médica e auxiliar, a prestar assistência e cuidados médicos aos animais, também eles, vitimas desta tragédia, bem como, na recolha das centenas de cadáveres de animais que foram engolidos pelas chamas.

Queimaduras e problemas respiratórios foram as principais causas que levaram estes profissionais de saúde veterinária a prestar os primeiros cuidados. Na clinica penelense receberam ainda tratamento médico, 364 animais, entre eles, 210 cães, 123 gatos e 49 de outras espécies, destes 57 ficaram internados para melhor acompanhamento e tratamento mais intensivo.

A vaga de solidariedade e apoio para com as vítimas do incêndio também chegou aos animais, e apesar de “órfãos”, o clinica veterinária Zoosaúde, a Quinta das Pedreiras (vale do Espinhal) e o canil municipal associaram-se ao apelo das autoridades e acolheram 132 cães e 24 gatos abandonados, conseguindo posteriormente, encaminhar para adoção quase todos os animais recolhidos.



Data

13/07/2017

Categoria

Atualidade

Partilhar notícia