Câmara Municipal de Penela

Aviso à População - Perigo de Incêndio Rural

Aviso à População - Perigo de Incêndio Rural


Apesar das baixas temperaturas, o tempo seco mantém-se e o risco de incêndio mantêm-se igualmente alto com condições favoráveis à ocorrência de incêndios rurais.

Para os próximos dias prevê-se um período de tempo seco e subida de temperatura, para valores acima da média para esta época do ano.

Qualquer ignição em material vegetal pode favorecer a propagação rápida e violenta de um incêndio rural.

Perante este quadro meteorológico é importante que a população adote medidas e comportamentos preventivos na utilização do fogo, pelo que se recorda de acordo com legislação em vigor:

Findo o Período Crítico (que esteve em vigor de 1 de julho a 15 de novembro), informa-se que quando o índice de risco temporal de incêndio seja superior ao nível MUITO ELEVADO não é permitido:

  • A realização de queimadas;

  • queimar matos cortados e amontoados ou qualquer tipo de sobrantes de exploração;

  • Realizar fogueiras para recreio, lazer ou para a confeção de alimentos;

  • Utilizar equipamentos de queima e de combustão, destinados à iluminação ou à confeção de alimentos;

  • Lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes;

  • Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias de atravessamento ou circundantes;

  • Fumigar ou desinfestar apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

     

    CUIDADOS NA REALIZAÇÃO DE TRABALHOS AGRÍCOLAS E FLORESTAIS:

  • Manter as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras;

  • Abastecer as máquinas a frio e em local com pouca vegetação;

  • Ter cuidado com as faíscas durante o seu manuseamento, evitando a sua utilização nos períodos de maior calor.

Em caso de dúvida contacte a Câmara Municipal (gabinete de Protecção Civil e Florestas) ou os Bombeiros Voluntários de Penela.

COMO FAZER EM SEGURANÇA UMA QUEIMADA EXTENSIVA?

COMO FAZER EM SEGURANÇA UMA QUEIMADA DE AMONTOADOS?

CONSULTE O RISCO DE INCÊNDIO



Data

17/11/2017

Categoria

Proteção Civil

Partilhar notícia