Câmara Municipal de Penela

Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais

  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais
  • Habitat de Inovação de Penela apoia novas ideias empresariais


Foi apresentado publicamente, ontem, 3 de maio, os premiados do 2.º Concurso de Ideias de Negócio “Smart Rural Contest”, que tem como objetivo promover e apoiar o aparecimento de ideias de negócio destinadas à criação de novos projetos empresariais a sediar, fisicamente ou virtualmente, no HIESE (Habitat de Inovação Empresarial nos Sectores Estratégicos de Penela).

O projeto Reddish venceu o 1.º prémio com um projeto que tem como objetivo a depuração e valorização comercial do lagostim vermelho como estratégia de controlo e erradicação desta espécie invasora em importantes bacias hidrográficas nacionais.

Contudo, o lagostim pode representar um valor acrescentado na restauração, apreciado em países como Espanha e França, bem como por nomes conceituados na cozinha gourmet em Portugal. A sua pouca notoriedade deve-se ao facto de requerer uma depuração eficiente, no sentido de garantir uma qualidade organolética consistente e de estar livre de agentes que causem dissabores na saúde pública.

O 2.º prémio foi atribuído ao projeto Toal, que pretende transformar subprodutos das indústrias de queijo e hortofrutícola em alimentos saudáveis e nutritivos, mais concretamente em ecobebidas totalmente naturais, sem corantes nem conservantes.

A confeção destes produtos assenta na utilização do soro excedente do fabrico de queijo, um subproduto bastante poluente, e de morangos que não têm calibre suficiente para venda ao consumidor final, combatendo-se o desperdício alimentar.

O BugLife arrecadou o 3.º prémio com um projeto de produção do grilo doméstico e do bicho da farinha, recorrendo a processos inovadores desenvolvidos tecnologicamente pelos seus promotores.

Os insetos podem ser eficientemente aplicados na alimentação para animais de companhia, na composição de alimentos compostos para animais de produção e sobretudo para aquacultura, onde o seu alto teor proteico e aminoácidos essenciais são extremamente valorizados.

Considerando que a procura mundial de proteína animal e o seu preço irão continuar aaumentar, essencialmente devido ao aumento da população mundial, escassez de solo arável e sustentabilidade do planeta, os insetos são a classe do reino animal e vegetal que melhor podem contribuir para a continuidade da oferta de uma fonte proteica eficaz e viável, a nível mundial.

O SMART RURAL SMART HIESE é um projeto para o empreendedorismo e a inovação, apoiado pelo Centro2020, que visa tornar o HIESE num espaço preferencial para o desenvolvimento de ideias e iniciativas empresariais inovadoras associadas ao mundo rural. É um projeto liderado pela Incubadora do Instituto Pedro Nunes, tendo como entidades parceiras na execução, o Município de Penela, a associação IEBA e a consultora Previum.



Data

04/05/2018

Categoria

Desenvolvimento Económico

Partilhar notícia