Câmara Municipal de Penela

Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo

  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo
  • Penela foi um dos 11 concelhos que recebeu o FLII – Palavras de Fogo


Decorreu, no fim-de-semana passado, o FLII – Festival Literário Internacional do Interior “Palavras de Fogo” com o objetivo de levar os livros e os escritores aos sítios mais inusitados e imprevisíveis. A primeira edição do festival literário contou com a presença de mais de 30 autores nacionais e estrangeiros, nos onze concelhos afetados pelos incêndios de 2017.
Penela foi um dos concelhos que acolheu esta iniciativa promovida pela Arte-Via Cooperativa, Artística e Editorial, CRL que contou com o apoio do Município de Penela.
Durante a manhã de sábado, a conceituada autora de literatura infantojuvenil, Rosário Alçada Araújo, com vários títulos recomendados pelo Plano Nacional de Leitura foi à Biblioteca Municipal de Penela dinamizar um Workshop Infantil de Escrita Criativa. No domingo, o FLII foi ao Jardim das Gerações – Quinta do Castelo, no Espinhal para um painel literário com Nuno Júdice, um dos mais premiados poetas portugueses, da escritora peruana Julia Wong, da jornalista argentina Natalia Porta López e Rui Lourido, Coordenador Cultural da UCCLA (União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa) e Presidente do Observatório da China onde foi debatido “A arte e a cultura como reanimadores de uma região e de um povo”.
A encerrar este festival literário, a Universidade Sénior de Penela recebeu uma “aula extra” com o escritor de Bangladesh, Rafique-um-Munir.
 



Data

19/06/2018

Categoria

Cultura

Partilhar notícia